Óleos essenciais vs Stress

Tinha ficado prometido falar aqui de novo em óleos essenciais (OE).

Não só porque os adoramos, mas também porque já trabalhamos com eles há algum tempo e temos uma vasta selecção para vos apresentar bem como tudo o que possa girar em torno da Aromaterapia na nossa loja.

Aqui vamos nós então abrir esta nova porta…

Uma grande questão que nos colocam sempre que se fala de óleos essenciais é o que podem eles fazer para nos ajudar na gestão do stress diário (a outra é como podemos dormir melhor… soa a familiar, não é?!).

Nas nossas vidas gerir o stress é uma assunto bastante complexo. Grande parte do nosso dia é passado a tentar não sermos “apanhados” em mais elementos que o aumentem.
Podemos sempre procurar algo que nos ajude a terminar o dia da melhor forma, tal como ler um livro, ouvir um bom disco, fazer uma boa massagem aos pés ou tomar um banho quente…
Infelizmente grande parte de nós não tem tempo para estes pequenos momentos, o que nos aumenta ainda mais aquela pressão com que chegámos a casa.

Permitir que essa pressão controle a nossa vida é um dos maiores erros do nosso novo século, visto ser ele um dos principais responsáveis pelas doenças inflamatórias do nosso organismo.
A pressão arterial elevada, as doenças cardíacas, a diabetes e as doenças respiratórias parecem estar a aumentar na proporção em que nos tornamos cada vez mais stressados.
Reduzir o stress, reduz o risco de doença, é simples!

As fontes de stress podem ser diferentes para todos nós e o que a uma pessoa pode aumentar esses momentos stressantes, pode não ser um problema para o vizinho do lado. É importante identificar esses trigger points e estruturar as nossas vidas para que sejam livres de stress, devendo ter este foco como um objectivo contínuo e diário.

E é aqui que os OE podem então entrar nas nossas vidas de forma simples, podendo mesmo acompanhar o nosso dia-a-dia para nos ajudar nesta gestão e controle diário, sendo eles uma ajuda básica mas fundamental.

Por exemplo, apenas inalando (com diversas técnicas) o OE de Laranja Doce ou de Limão desencadeamos toda uma profunda sensação de relaxamento e de uplifting cerebral.
A Bergamota e o Neroli são outros grandes amigos nos citrinos, existindo estudos científicos que demonstram que “… melhoram o humor e os sintomas leves de distúrbios induzidos pelo stress e facilitam a indução do sono. A Massagem de Aromaterapia com estes óleos tem sido realizada para aliviar os sintomas de ansiedade em pacientes com cancro.”
O Geranium e o Ylang-Ylang estão também na nossa lista de OE para a redução deste bicho papão, tal como a sempre versátil Lavanda Angustifolia e a Camomila que nos conseguem gerir o sono e induzir o relaxamento natural.

Se quiserem experimentar os benefícios na vossa vida do que é termos o apoio diário dos OE, então deixamos uma dica simples.
Podem usar esta mistura tanto para ser inalada, como para a difundirem no ar.

Todos nós já vimos equipados com esta maravilhosa conexão primária entre o olfacto e o nosso cérebro, zona essa que controla as emoções, o mood e a nossa memória.
Só temos de usar esta ferramenta da melhor forma.

Vamos lá então:
Juntar dentro de um difusor ou na palma das nossas mãos 2 gotas de OE de Limão, 2 gotas de OE de Bergamota e 1 gota de OE de Geranium.

A combinação destes dois OE cítricos com um OE floral é perfeita para acalmar a nossa mente, reduzir o stress e clarificar ideias para o que temos realmente de fazer a seguir que valha mesmo a pena.

Ficamos à espera do vosso feedback!

Share: